Mais tempo para o doente: um bom desejo de ano novo

Prof. Doutor João Araújo Correia

Saúde

Mais tempo para o doente: um bom desejo de ano novo

Há algumas frases lapidares que não esquecemos e nos guiam na nossa vida profissional. Como médico, nunca esqueci aquela de William Osler: “Se ouvirmos o doente, ele diz-nos o diagnóstico”. É uma máxima curiosa. Sugere que o doente joga com o médico uma espécie de charada, em que a solução é o seu próprio diagnóstico, só encontrado com a audição atenta da sua mensagem encriptada.

Por favor faça ou registe-se para aceder a este conteúdo

Médico News

Médicos

ou