“Amanhã, haverá mais motivos para fazer greve”

Prof. Doutor Miguel Guimarães

Saúde

“Amanhã, haverá mais motivos para fazer greve”

Os médicos cumpriram dois dias de greve no início de maio, mas os motivos que levaram à paralisação não se esgotaram neste protesto. Pelo contrário. Se as reivindicações, antigas de vários anos, não forem atendidas, os médicos poderão voltar à luta contra o excesso de horas de trabalho, a inexistência de perspetivas de progressão na carreira, os aumentos salariais e, enfim, o desinvestimento no Serviço Nacional de Saúde. O Prof. Doutor Miguel Guimarães, Bastonário da Ordem dos Médicos, garante que estes profissionais vão estar atentos à resposta do Ministério da Saúde às reivindicações, promete manter a defesa dos interesses da classe e alerta: “Temos de centrar a saúde no doente e não nas finanças.”

Por favor faça ou registe-se para aceder a este conteúdo

Médico News

Médicos

ou