Técnicas de estimulação cerebral são opção em casos refratários ao tratamento farmacológico

Prof. Doutor João Relvas

Psiquiatria

Técnicas de estimulação cerebral são opção em casos refratários ao tratamento farmacológico

“Em muitos casos em que não conseguimos boas respostas quer com os psicofármacos, quer com as psicoterapias”, podem-se conseguir resultados positivos com as técnicas de estimulação cerebral. Quem o afirma é o Prof. Doutor João Relvas, médico psiquiatra, que conduziu um Curso Pré-Congresso dedicado exclusivamente à neuromodelação elétrica. Assista ao vídeo da entrevista com o especialista. 

Por favor faça ou registe-se para aceder a este conteúdo

Médico News

Médicos

ou