Mudança no paradigma da terapêutica para a esclerose múltipla com cladribina comprimidos

Dr.ª Marisa Brum

Neurologia

Mudança no paradigma da terapêutica para a esclerose múltipla com cladribina comprimidos

Durante os quatro dias em que o MSParis2017 decorreu, a companhia farmacêutica Merck organizou e promoveu várias sessões para apresentar algumas das novidades mais relevantes em termos de terapêutica, tal como cladribina comprimidos, aprovado em agosto pela Comissão Europeia para o tratamento de doentes adultos com esclerose múltipla remitente recorrente (EMRR) muito ativa. Em conversa com a Médico News, a neurologista do Centro Hospitalar de Lisboa Central, Dr.ª Marisa Brum, enumera algumas das características que tornam este fármaco um marco na evolução do tratamento da esclerose múltipla.

Por favor faça ou registe-se para aceder a este conteúdo

Médico News

Médicos

ou