É necessário investigar as causas subjacentes ao diagnóstico tardio da infeção por VIH em Portugal

Prof. Doutor Henrique Barros

Infecciologia

É necessário investigar as causas subjacentes ao diagnóstico tardio da infeção por VIH em Portugal

Em Portugal, há ainda um número muito elevado de diagnósticos tardios da infeção pelo VIH. Para o Prof. Doutor Henrique Barros, diretor do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP), é preciso perceber a razão subjacente a esta incidência de diagnósticos tardios, pelo “que é necessário fazer investigação muito séria, quer localmente”, mas “também internacionalmente, para que as conclusões sejam robustas”. Assista ao vídeo da entrevista.

Por favor faça ou registe-se para aceder a este conteúdo

Médico News

Médicos

ou