Alteração do paradigma da doença obriga a novas respostas

Prof. Doutor Saraiva da Cunha

Infecciologia

Alteração do paradigma da doença obriga a novas respostas

Nos últimos 10 anos consolidou-se a ideia que o VIH se transformou numa doença de evolução crónica, com sobrevidas muito longas. “Esta alteração do paradigma da doença está a obrigar-nos a mudar a forma como respondemos às solicitações dos doentes”, afirma o Prof. Doutor Saraiva da Cunha, diretor do Serviço de Infecciologia do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

Por favor faça ou registe-se para aceder a este conteúdo

Médico News

Médicos

ou